15 de setembro de 2017

FNAC VS WORTEN

Decidi partilhar convosco, em género de avaliação, os atendimentos de que sou alvo. Todos terão tido experiências boas e más no atendimento público (e no privado), já relatei alguns episódios com que me deparei.


Desta vez, foi na capital... numa ida às compras nas lojas Fnac e Worten. 


É importante abordar as questões de atendimento, até porque por se reclamar por tudo e por nada, muitas queixas são desprezadas e o cliente até tem razão. Começo por dizer que não fiz queixa no livro de reclamações, devia tê-lo feito mas já estava tão farta da situação só quis resolver e sair dali. Acredito que os proprietários das marcas não devem ter o noção do atendimento prestado em todas as suas lojas, de todos os seus funcionários e por isso a importância de denunciar.


Vamos descobrir quem se saiu melhor e o que falhou?!


No caso da Fnac, os funcionários comportaram-se com grande profissionalismo, envolvendo até algum humor, responderam a todas as minhas dúvidas sempre com simpatia. O problema apenas se instalou com o serviço de entrega, isto porque simplesmente esqueceram-se da minha encomenda. Entrei em contacto com a linha de apoio (a melhor que apanhei), com tempo muito reduzido de espera (20 a 30 segundos), o funcionário empenhou-se com toda a amabilidade em resolver a questão, e quando me retornaram a chamada explicaram-me as razões, lamentaram o sucedido e agendaram nova entrega, realizada a tempo e horas.





Já na Worten, ficou tudo aquém do esperado, excepto o produto. Decidi adquirir uma coluna portátil que se encontrava a 19,99€, em promoção. Quando cheguei à fila de pagamento, só estavam duas caixas em funcionamento e uma delas era exclusiva para levantamento de encomendas, os funcionários movimentavam-se a passo de caracol. O moço que me atendeu, tinha tudo de excepcional, esbanjava amabilidade, cordialidade, disponibilidade, eficácia e simpatia, isto no sentido oposto. O seu atendimento começou com um "a seguir" entediante e se respondeu à minha saudação nem ouvi. Só estabeleceu contacto visual comigo quando me cobrou 24,99€ e questionei se o preço não seria 19,99€ a sua resposta foi curta "não, é este." Paguei, mas não estava satisfeita fui verificar podia ter-me enganado. Quando cheguei ao expositor vejo que tenho razão....foi o início da novela.


No expositor, estava marcado 19,99€ e não havia nenhuma coluna a 24,99€, esse preço simplesmente não existia ali exposto. Depois alguns minutos a tentar encontrar um funcionário (parece que eles fogem nestas situações), com quem vou ter?? Com o moço "simpático", explicada a situação levantou as sobrancelhas, respirou fundo e arrastou-se lentamente até ao local do produto. A réstia de vontade que tinha desapareceu ao ver que tinha razão, pegou no produto passa-o no sistema e dá 24,99€, tentando despachar o assunto diz-me o que valor é aquele e já pronto a abalar é parado quando pergunto qual era a razão de estar marcado com um valor inferior, apenas me responde" ó minha senhora, não faço ideia , não sou desta secção", apenas disse olhando bem nos seus olhos " então, chame alguém que seja, se faz favor!". Enquanto, se aguardava a chegada do "entendido" da secção questionei se a promoção apenas se focava numa cor, descredibilizou-me ainda assim foi verificar já que tivemos muito tempo para isso, e adivinhem 2-0 para mim, havia diferença de preços nas cores, mas apenas em cêntimos.

Quando o funcionário da secção chega, o moço "simpático" completamente indisposto, explicou a situação em modo futebol. Ou seja, com a mão a tapar a boca (adorooo ver isso), quando se dignam a olhar e ouvir a cliente, começo por dizer como se poderia constatar não estava nenhum produto marcado ao valor que me foi cobrado. Fez-se silêncio,  sempre a abanar a cabeça em jeito afirmativo,  e com nervos já a tomarem conta de mim, questiono "e agora?" ao qual recebo como resposta "e agora perguntou eu." Contei até 10 em 2 segundos, dei-lhes a escolher ou me davam a diferença e levava o produto ou devolviam na totalidade o que tinham cobrado. 

Lá decidiram pela devolução total, depois de 15 minutos. Por mero acaso, o funcionário da secção foi ver outra coluna mais distante e decide confirmar o preço, não é que deu 19,99  € ?!? Optei pela troca do produto e diferença de preço, todavia alertei para o facto de estarem a induzir o cliente em erro. 

As colunas visualmente são idênticas e o preço cobrado não estava afixado. Estes produtos estão expostos com o preço, tipo os telemóveis, fora das caixas e com o stock guardado abaixo do local, neste caso não. As da promoção, estavam desalinhadas com o preço certo, porém o mais grave é a inexistência da exposição do preço cobrado.




2 comentários:

  1. Eu também tenho a mesma opinião que tu. Embora os preços da Fnac sejam mais caros, o atendimento é profissional. Já na Worten deixam muito a desejar. No entanto, ainda não desisti totalmente da Worten por duas questões. A primeira, é a unica loja grande do género que existe onde eu moro. Embora a mais próxima seja a 10 min.. E a segunda, porque felizmente encontrei uma vendedora 10 estrelas, no meio da trapalhada que é a Worten. Já sei que apenas está na loja à tarde e só compro alguma coisa quando está. Quando não está, vejo os produtos e venho-me embora. beijinhos

    https://saboresdoninho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na minha zona ainda só há worten também, mas aqui no alentejo (que temos a fama de lentos) eles são rápidos e educados. Por mais que o funcionamento não vá muito além do aqui é comentado. Com a Fnac a chegar em novembro, se foi algo em condições, só se, ainda assim, optarem pelos preços é que não vão sentir uma quebra significativa nas vendas, porém noto uma grande ansiedade pela sua abertura... Bjinhs****

      Eliminar